Quarta, 25 de Novembro de 2020
11 11 99843-7541
Notícias Municipais São

São Bernardo entrega Hospital de Urgência e garante mais de 500 leitos exclusivos para Covid-19

São Bernardo entrega Hospital de Urgência e garante mais de 500 leitos exclusivos para Covid-19

19/05/2020 11h12 Atualizada há 6 meses
47
Por: Personalidade ABC
São Bernardo entrega Hospital de Urgência e garante mais de 500 leitos exclusivos para Covid-19
Proporção de leitos por moradores no município passa a superar média recomendada pela Organização Mundial de Saúde O maior hospital construído para atendimento da Covid-19 do País foi inaugurado nesta quinta-feira (14/05), em São Bernardo, elevando para 517 o número de leitos exclusivos voltados ao tratamento da doença no município. Com a inauguração do Hospital de Urgência (Rua Joaquim Nabuco, 380), São Bernardo passa a contar com proporção de leitos por moradores acima do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Somente no novo equipamento, serão 80 leitos de UTI – sendo que 40 passarão a funcionar de forma imediata, com respiradores. Outros 40 equipamentos serão recebidos por parte do governo do Estado ainda em maio, permitindo o pleno funcionamento do local ainda neste mês. Além disso, serão 170 leitos de enfermaria para casos de baixa e média complexidade. “A partir de hoje, uma nova unidade de Saúde está nascendo para servir a nossa população. Esta é a maior e mais importante entrega do meu mandato, pela complexidade da obra e pelo contexto que estamos vivendo. Corremos contra o tempo e conseguimos ampliar o número de leitos do projeto original e garantir tratamento digno para nossos pacientes do coronavírus. Quando essa pandemia passar, nossa cidade contará com um hospital de ponta para atendimentos de urgência”, destacou o prefeito Orlando Morando, durante a entrega. Na oportunidade, o chefe do Executivo também propôs um minuto de silêncio pelas vítimas da doença na cidade. Para construção do hospital, a Prefeitura de São Bernardo investiu R$ 127,6 milhões. A Administração municipal contou ainda com o auxílio financeiro de R$ 25 milhões do Governo Federal, além de R$ 20 milhões do Governo do Estado, para aquisição de equipamentos. O evento contou com presença do governador João Doria, do secretário da Saúde do município, Dr. Geraldo Sobrinho Reple, do secretário de Saúde do Estado, José Henrique Germann, e da deputada estadual e primeira-dama, Carla Morando, que articulou o repasse estadual para o hospital, além de outras importantes autoridades envolvidas na construção do empreendimento. “Trata-se de um dos melhores hospitais do País entre equipamentos públicos e privados. Serão 1.500 novos trabalhadores, trazendo mais empregos, oportunidades e profissionais capacitados para salvar vidas”, completou Doria. ESTRUTURA – O Hospital de Urgência conta com sete pavimentos e 23.000 m² de área construída. Está divido em cinco módulos (Pronto-Atendimento; Serviços e Apoio Diagnóstico e Terapêutico; Módulo Cirúrgico; Módulo Pedagógico; e Módulo de Internação). Sua estrutura dispõe de três salas cirúrgicas, duas salas de raio "x", uma sala de tomografia, duas salas de ultrassom, sistema de aquecimento solar, sistema de água de reuso, quatro grupos de gerador de 750 kVa e oito elevadores. Mais de 2.000 itens entre equipamentos e mobiliário que estão sendo entregues, entre tomógrafo, raio-x, ultrassom, ventiladores mecânicos, camas simples, elétricas, cadeira de rodas, cadeira de banho, entre outros. TRABALHADORES – O equipamento passa a contar com 1.500 profissionais da Saúde, entre médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas, entre outros, capacitados e treinados para o atendimento de pacientes da Covid-19. Todos os profissionais do equipamento também estão sendo testados para a doença para controle de funcionários que podem trabalhar e os que devem ficar afastados de suas atividades mesmo que não apresentem sintomas. Somente na obra, trabalharam cerca de 10.000 funcionários diretos e indiretos. PREMIAÇÃO – O Hospital de Urgência foi escolhido como melhor obra de arquitetura do Estado de 2019 pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). O projeto é do arquiteto Ângelo Bucci. NÚMEROS DO CORONAVÍRUS EM SÃO BERNARDO – Nesta quinta-feira (14/05), São Bernardo registra 3.809 casos de coronavírus em investigação na cidade. Até o momento, 973 casos foram confirmados e 117 pacientes evoluíram a óbito. Outros 1.750 casos suspeitos da doença foram descartados. OCUPAÇÃO DE LEITOS – A rede de Saúde de São Bernardo conta nesta quinta-feira (14/05) com 267 leitos (sem considerar o Hospital de Urgência) destinados a pacientes com Coronavírus, sendo 196 deles em enfermaria e 71 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Do total, 122 leitos de enfermaria e 65 de UTI estão ocupados. A atual taxa de ocupação na cidade é de 69%. Considerando o novo Hospital de Urgência, a taxa passa para apenas 38%. Texto e fotos: PMSBC article (3) article (2) article
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Bernardo do Campo - SP
Atualizado às 05h41 - Fonte: Climatempo
16°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 30°

16° Sensação
13.3 km/h Vento
78.6% Umidade do ar
83% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (26/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sexta (27/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas
Anúncio