Sábado, 22 de Janeiro de 2022 08:09
11 11 99843-7541
19°

Poucas nuvens

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,45

Euro

R$ 6,18

Peso Arg.

R$ 0,05

Especiais Mais obras

Prefeitura e ministério do Desenvolvimento Regional anunciam R$ 115 milhões em projetos

Serão R$ 95 milhões em investimentos para a implantação da Marginal do Ribeirão dos Couros e outros R$ 20 milhões para início da 9ª etapa do projeto Mananciais

20/12/2021 08h44
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, e o ministro de Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, oficializaram nesta quarta-feira (15/12) investimentos de cerca de R$ 115 milhões para a área habitacional e de mobilidade urbana do município, por meio da assinatura dos convênios para a construção de novo viário ao longo do Ribeirão dos Couros, no bairro Jordanópolis, e para o início da 9ª etapa do projeto de urbanização integrada denominado Mananciais.

Somente para a área de mobilidade, serão R$ 95 milhões em investimentos para a implantação da Marginal do Ribeirão dos Couros, que vai margear o córrego localizado no bairro Jordanópolis. O projeto inclui a construção de dois viadutos de 400 metros de extensão cada, além de sistema viário com seis pistas de rolamento, sendo três em cada sentido, saindo da Avenida Piraporinha até o Corredor ABD.

A construção da Avenida Marginal do Ribeirão dos Couros permitirá aos motoristas ligação direta com a Estrada dos Alvarengas, Avenida Robert Kennedy, Avenida 31 de Março, permitindo a conexão entre o eixo São Bernardo/Diadema com o Anel Viário Metropolitano. A expectativa é que as obras do novo viário sejam iniciadas em janeiro de 2022 e o prazo de execução será de 24 meses. 

“Já fizemos a urbanização do córrego, ligando a Avenida Piraporinha ao Corredor ABD. Estávamos om a licitação pronta aguardando a escolha de projetos para que viessem os recursos do Fundo de Garantia. São R$ 95 milhões para fazer o sistema viário dos dois lados, incluindo a área de Diadema. Teremos um corredor de ônibus, novo viário e duas obras de arte (dois viadutos). Paralelo a isso, estamos finalizando a licitação da ponte estaiada, com recursos de R$ 120 milhões liberados pelo governador João Doria”, detalhou o prefeito Orlando Morando. 

ENTREGA DE MORADIAS - A formalização da parceria ocorreu durante evento de entrega de 12 novas moradias no bairro Capelinha, destinadas a famílias que antes moravam em assentamentos precários. O projeto integrado executado na região totaliza investimento de R$ 32,3 milhões, sendo R$ 22,4 milhões provenientes da União, com contrapartida de R$ 9,9 milhões da Prefeitura. 

“Temos a missão de ajudar o Brasil e quando uma prefeitura mostra eficiência, correta aplicação de recursos públicos, tem iniciativa de nos procurar e ter bons técnicos que conseguem formatar projetos, facilita o nosso trabalho. O prefeito Orlando Morando e sua equipe têm feito um trabalho diferenciado e ganhado destaque”, detalhou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. 

Moradora do Capelinha há duas décadas, Elizete Pereira dos Santos, de 34 anos, não escondeu a emoção de ter em mãos a chave do seu apartamento.  “Agora poderei oferecer aos meus filhos uma moradia digna. E o melhor de tudo é ver que nosso bairro vem passando por enorme transformação e que outras famílias também estão com mais qualidade de vida”, destacou ela, que irá morar na casa com seu esposo e os três filhos. 

PROJETO MANANCIAIS - Ainda na área habitacional, foi assinada nesta quarta-feira a ordem de serviço para início da 9ª etapa do programa de urbanização integrada de assentamentos precários e produção habitacional do projeto Mananciais. A nova fase engloba o trabalho social desenvolvido pela secretaria de Habitação e antecede a etapa de regularização fundiária na região. Ao todo, o investimento nessa fase é de cerca de R$ 20 milhões.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.