Sábado, 22 de Janeiro de 2022 07:44
11 11 99843-7541
19°

Poucas nuvens

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,45

Euro

R$ 6,18

Peso Arg.

R$ 0,05

Notícias Municipais Assistência benvinda

Prefeitura reforça serviço de acolhimento a idosos em São Bernardo

Instituições assistenciais conveniadas terão incremento de 26% no repasse feito pelo município para o trabalho em 2022

08/12/2021 11h16
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

Em mais uma ação para reforçar o serviço de assistência social em São Bernardo, o prefeito Orlando Morando anunciou, nesta segunda-feira (6/12), que o repasse municipal feito ao serviço de acolhimento institucional para pessoas idosas terá incremento financeiro de 26% para o exercício de 2022. O ato que oficializou a medida foi realizado no Salão Nobre da Prefeitura e contou com a participação de representantes das entidades conveniadas e vereadores.

“Reconhecemos este importante trabalho que é feito pelas organizações sociais e sabemos das dificuldades que eles enfrentam, em especial neste momento pandêmico. Conseguimos ampliar o repasse para o próximo ano graças à nossa eficiência na gestão dos recursos públicos e esperamos seguir melhorando ainda mais. Acredito que o terceiro setor é fundamental para a sociedade e, melhor ainda, quando é tão bem organizado como em São Bernardo”, observou o chefe do Executivo.

São Bernardo conta, atualmente, com três instituições de longa permanência conveniadas para acolhimento de pessoas com idade a partir de 60 anos, as chamadas ILPIs, sendo elas: Casa São Vicente de Paulo Jardim dos Velhinhos do ABC, Casa dos Velhinhos Dona Adelaide e Comunidade de Amparo Social Asilar (C.A.S.A.). Juntas, as entidades têm capacidade para atender até 119 idosos.

Segundo o secretário da Assistência Social de São Bernardo, André Sicco, o serviço de acolhimento para a população idosa é destinado àquelas pessoas que já tiveram esgotadas todas as possibilidades de autossustento e convívio com os familiares. “É um importante trabalho que acolhe aqueles que não têm condições de permanecer com a família, que convivem em situações de violência ou negligência, que estão em situação de rua ou abandono ou com vínculos familiares fragilizados ou rompidos”, disse.

Coordenadora da Casa São Vicente de Paulo, Vera Higino Ferreira fez questão de destacar o trabalho social que vem sendo feito pela Prefeitura em São Bernardo, sob a gestão do prefeito Orlando Morando, desde 2017. “Gostaria de agradecer ao prefeito pelo apoio ao terceiro setor e por esse olhar social que ele deu para a cidade”, comentou.

CRIANÇAS E ADOLESCENTES – Na última quinta-feira (2/12), o prefeito Orlando Morando já havia oficializado a ampliação do repasse financeiro destinado às seis instituições parceiras que atendem moradores de 0 a 18 anos em abrigos e casas de passagem no município. Para o exercício de 2022, o investimento no Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes receberá incremento de 22%.

Em São Bernardo, são ofertadas 155 vagas para proteção de crianças e adolescentes, executadas por seis Organizações da Sociedade Civil (OSCs): Lar Escola Pequeno Leão, Aldeias Infantis SOS, Associação São Luiz, Associação Beneficente Cantinho da Mei Mei, Ficar de Bem – Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância (CRAMI) e Lar Escola Jêsue Frantz.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.