Quarta, 08 de Dezembro de 2021 15:31
11 11 99843-7541
18°

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,54

Euro

R$ 6,29

Peso Arg.

R$ 0,05

Notícias Municipais Renovação

Guarda Civil Municipal de São Bernardo ganha reforço de 500 pistolas calibre 40

Armamento foi transferido nesta quinta-feira (18/11) pelo Governo do Estado à corporação; modelo é mais moderno do que as atuais armas utilizadas pelos guardas municipais

20/11/2021 10h47
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

A Guarda Civil Municipal de São Bernardo ganhou nesta quinta-feira (18/11) o reforço de 500 pistolas calibre 40. O armamento que até então vinha sendo utilizado pela Polícia Civil de São Paulo foi transferido pelo Governo do Estado de São Paulo nesta manhã em cerimônia com a participação do prefeito Orlando Morando e do secretário estadual da Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos. Considerado mais moderno que as armas utilizadas atualmente na corporação, o novo armamento substituirá o revólver 38 dos agentes municipais.

Trata-se da maior transferência já realizada pela Secretaria da Segurança Pública de São Paulo para um município do Estado, em um investimento estimado de R$ 2,6 milhões. A transferência ocorre após o governador João Doria sancionar, em março deste ano, projeto de lei de autoria da deputada estadual, Carla Morando, que dispõe sobre a cessão de armamento das polícias Civil e Militar aos servidores das Guardas Civis Municipais. A parlamentar esteve presente no evento ao lado de demais autoridades, incluindo, o secretário municipal de Segurança Urbana, Coronel Carlos Alberto dos Santos.

“Com esse armamento, além de substituirmos o revólver calibre 38, nossos guardas municipais passarão a contar com uma pistola moderna, com capacidade superior às armas que tínhamos até então. É mais um reforço importante no combate à criminalidade em São Bernardo”, destacou o chefe do Executivo. “As armas estão em perfeito estado, revisadas e só temos a agradecer ao Governo do Estado pela iniciativa”.

De acordo com o secretário estadual da Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos, a transferência do armamento sinaliza a boa cooperação entre as forças policiais do Estado de São Paulo. “Fortalecer as Guardas Civis Municipais é investir na segurança como um todo e essa transferência de armas mostra a importância desta parceria”. "O dia de hoje é muito importante e simbólico. É a primeira doação do Estado para o município depois que a minha lei foi sancionada", completou a deputada estadual, Carla Morando.

PRÓXIMOS PASSOS - Em posse do novo armamento, a GCM de São Bernardo fará agora procedimento junto à Polícia Federal e ao Exército para troca de registro das armas. Paralelo a isso, guardas municipais receberão treinamento para manuseio correto das novas pistolas. Com isso, a expectativa é que os agentes municipais passem a atuar com o novo armamento a partir de janeiro de 2022.

DENOMINAÇÃO DEIC - Ainda nesta manhã, a Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de São Bernardo alterou sua placa de identificação e recebeu o nome “Delegado Doutor Jorge Miguel” como forma de homenagear o policial, que dedicou 40 anos da sua vida à Polícia Civil do Estado de São Paulo. Um dos casos de destaque que o profissional esteve à frente foi o esclarecimento da morte do ex-governador do Acre, Edmundo Pinto, em 1992.

A cerimônia contou com a participação do Dr. Youssef Abou Chahin (Secretário Executivo da Polícia Civil), do Dr. Ruy Ferraz Fontes (Delegado Geral da Polícia), Ronaldo Tossunian (delegado seccional de Polícia de São Bernardo), Dr. Paul Henry Bozon Verduraz (Delegado de Polícia Titular da Deic de São Bernardo), Dr. Jorge Miguel Filho (filho do homenageado e delegado de Polícia na Assistência Policial do Decap), entre outras autoridades.  

ESTRUTURA - Inaugurada em 2019, a unidade especializada está sediada nas dependências de Centro de Operações Integradas (COI) e é a primeira sede regional do Estado de São Paulo. A Deic reúne todas as atividades de polícia especializada, trazendo mais organização e eficiência.   

Como resultado dos trabalhos realizados pela Deic, desde a sua criação, 290 pessoas foram detidas e 3,8 toneladas de drogas apreendidas. No mesmo período, as equipes ainda instauraram cerca de 660 inquéritos policiais e todas as ações de polícia judiciária da unidade ainda retiraram de circulação mais de 30 armas de fogo ilegais.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.