Quarta, 08 de Dezembro de 2021 17:15
11 11 99843-7541
17°

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,54

Euro

R$ 6,28

Peso Arg.

R$ 0,05

Notícias Municipais Mulher em destaque

Futuro Hospital da Mulher de São Bernardo segue em ritmo acelerado de obras

Prefeito Orlando Morando realizou vistoria no equipamento de Saúde nesta segunda-feira (8/11); unidade, que concentrará todo atendimento voltado às mulheres, será entregue em 2022

09/11/2021 19h24
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

As obras do futuro Hospital da Mulher de São Bernardo, no bairro Nova Petrópolis, estão em ritmo acelerado de construção. Em vistoria realizada no equipamento de Saúde na tarde desta segunda-feira (8/11), o prefeito Orlando Morando constatou que toda parte elétrica, hidráulica e de dutos de gases já está concluída. A unidade, que está sendo erguida no antigo prédio do Instituto Municipal de Assistência à Saúde do Funcionalismo (Imasf), tem previsão de entrega para 2022 e vai concentrar em um só local todo o atendimento ofertado pela rede de Saúde municipal às mulheres e gestantes.

O novo Hospital da Mulher irá incorporar o atendimento hoje realizado no Hospital Municipal Universitário (HMU) e no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism), no Rudge Ramos, ofertando desde pronto atendimento ginecológico e obstétrico, leitos de internação e de UTI, centro cirúrgico, ambulatórios, casa da gestante, núcleo interno de regulação e estrutura para realização de exames laboratoriais, como tomografia, mamografia, ecocardiograma, ultrassonografia, entre outros.

“Com o Hospital da Mulher, vamos ampliar nossa capacidade atual de atendimento em 41 novos leitos. Hoje, o HMU oferece 128 leitos e com a entrega desse novo equipamento teremos 169 leitos, dos quais 10 serão destinados à UTI adulto e 25 à UTI neonatal. Sem falar que a unidade contará com estrutura mais moderna e sustentável, oferecendo o que tem de melhor às nossas mulheres”, observa o chefe do Executivo.

O projeto inicial do Hospital da Mulher foi orçado em R$ 64 milhões, no entanto, a empresa ganhadora da licitação – Consórcio Progredior/2N – ofertou R$ 44 milhões, gerando economia de R$ 20 milhões aos cofres municipais. O valor será viabilizado por meio de financiamento junto ao Banco Interamericano de Investimentos (BID). 

“É mais um sonho que está sendo realizado. Acompanhamos lá atrás a inauguração do HMU e, em breve, estaremos entregando mais um hospital em São Bernardo, dessa vez para ampliar o atendimento à saúde da mulher e da gestante e oferecer mais qualidade e dignidade à população”, ressalta o secretário da Saúde de São Bernardo, Geraldo Reple Sobrinho.

ESTRUTURA – O Novo Hospital da Mulher está instalado em área de 14.920 m². No total, o prédio conta com 11 andares, que abrigarão desde refeitórios, vestiários, farmácia, salas de administração, de ensino e de pesquisa, laboratórios, anfiteatro com capacidade para 140 pessoas, centros de imagem e diagnóstico, além de centro obstétrico, ambulatórios, pronto-socorro, UTIs, maternidade, sala de convivência para mães e acompanhantes e berçário.

“Estou muito feliz em trabalhar em uma obra que reconhece a importância da mulher desde a sua concepção e que é de extrema relevância para São Bernardo”, ressalta a técnica em segurança do trabalho Marleide Oliveira da Silva, 47 anos. Ela é um dos cerca de 120 funcionários que atuam na execução da obra atualmente.

A sustentabilidade é outro ponto de destaque na obra do Hospital da Mulher, já que a estrutura prevê uso racional da água (50% água potável e 50% de economia com água de reuso para bacias sanitárias, mictórios e despejos), água quente gerada por meio de ar-condicionado e bombas de calor, sem caldeira, reduzindo consumo de energia térmica e elétrica.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.