Sexta, 15 de Outubro de 2021 18:34
11 11 99843-7541
20°

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,46

Euro

R$ 6,33

Peso Arg.

R$ 0,06

Entretenimento Mais lazer

Prefeitura de São Bernardo inicia tratativas com Governo do Estado para receber Praça da Cidadania

Objetivo é que a unidade desse programa do Fundo Social de Solidariedade de São Paulo seja implantada no Jardim Calux

06/10/2021 09h16
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

Depois de conquistar um pacote histórico de investimentos junto ao Governo do Estado, no fim de agosto, como a instalação das unidades do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e da Rede Lucy Montoro, no antigo Hospital Pronto-Socorro Central (HPSC), dos aportes financeiros para a construção do 1º viaduto estaiado na cidade, da 2ª unidade do Bom Prato e de 100 unidades habitacionais no bairro Areião, a Prefeitura de São Bernardo iniciou tratativas para receber a Praça da Cidadania, no Jardim Calux.

“Atendendo a um pedido da deputada Carla Morando, fomos convidados pelo Fernando Chucre para conhecer este importante projeto idealizado pelo Fundo Social e instituído pelo Governo de São Paulo. Este local leva dignidade às áreas mais vulneráveis e está sendo discutido. A autorização final será da primeira-dama do Estado e presidente de honra do Fundo Social, Bia Doria”, explicou o prefeito.

A deputada estadual, que também foi presidente do Fundo Social de Solidariedade de São Bernardo, enfatizou a importância de mais esse investimento na cidade. “A Praça da Cidadania é muito mais do que uma área de lazer, mas de formação da cidadania. Ela oferece qualificação profissional para que as pessoas possam ter oportunidade de emprego e melhorar suas vidas”, disse.

Além do chefe do Executivo e da parlamentar, a reunião de apresentação da iniciativa, realizada na sede do Fundo Social de Solidariedade de São Paulo (FSS-SP), contou com o vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos; e do presidente-executivo do FSS-SP, Fernando Chucre.

PRAÇA DA CIDADANIA – Idealizado pelo Fundo Social e instituído pelo Governo de São Paulo, o local leva dignidade às áreas mais vulneráveis, combinando a realização de melhorias urbanas, por meio de implantação de espaços destinados ao esporte, lazer e à convivência comunitária, com oferta de cursos de qualificação social e políticas de assistência social.

Atualmente programa oferece mais de 20 cursos profissionalizantes em seis áreas do conhecimento: beleza e bem-estar, moda e arte, gastronomia, informática, construção civil e administração, desenvolvidos pelo Fundo Social de São Paulo em parceria com o Centro Paula Souza. No local, também são ofertados serviços do Centro de Integração e Cidadania (CIC), da Secretaria da Justiça e Cidadania, para emissão de segunda via de documentos.

A iniciativa está presente em Guarulhos e na Capital (em Paraisópolis), e também em Santo André. E deverá ser implantada em Carapicuíba, Cubatão, Itapevi, Itaquaquecetuba, Osasco e Santos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.