Terça, 22 de Junho de 2021 07:46
11 11 99843-7541
12°

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,02

Euro

R$ 5,99

Peso Arg.

R$ 0,05

Eventos Eficácia comprovada

No Dia Mundial da Imunização, São Bernardo confirma eficiência na vacinação da Covid-19

Cidade é a única da região do Grande ABC a receber a vacina da Pfizer e a ofertar três imunizantes à população (Coronavac, Astrazeneca e Pfizer)

11/06/2021 10h07
16
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

No Dia Mundial da Imunização (09/06), a Prefeitura de São Bernardo confirma eficiência na vacinação da população contra a Covid-19, aproximando-se da marca de 100 mil pessoas já vacinadas com as duas doses, o que equivale a 15% da população adulta com o ciclo vacinal completo. Com planejamento e estrutura, o município foi o único da região do Grande ABC a receber a vacina da Pfizer, que exige armazenamento a uma baixa temperatura (-80ºC), garantido pelos investimentos da Prefeitura na área da Saúde. Com isso, a cidade foi a única da região a se credenciar para receber os três imunizantes hoje disponíveis no País (Coronavac, Astrazeneca e Pfizer).  

 De acordo com os dados oficiais do Vacinômetro, do governo estadual, São Bernardo é a 4ª cidade que mais vacinou em todo o Estado, com cerca de 320 mil doses aplicadas, atrás apenas da Capital, Guarulhos e Campinas. “Todos estes dados demonstram o nosso comprometimento em ofertar um serviço de Saúde de qualidade e, o mais importante de tudo, salvar vidas. Este é o nosso compromisso e a vacina é a aliada mais potente nesta luta”, argumentou o prefeito Orlando Morando, que esteve nesta quarta-feira (09/06) em um dos postos de vacinação, acompanhando a aplicação do imunizante da Pfizer.

 PFIZER - Toda a rede de Saúde e seus profissionais foram treinados para o manejo e aplicação do novo imunizante, que requer uma condição diferente de armazenamento e preparo. A vacina precisa ser diluída com soro fisiológico no momento da aplicação. O lote da Pfizer está sendo utilizado no posto de vacinação do Clube dos Meninos, no bairro de Rudge Ramos, para gestantes e puérperas com e sem comorbidades e pessoas com comorbidades de 18 a 29 anos.

BAIXA LETALIDADE – Com forte trabalho de enfrentamento à pandemia, São Bernardo é a cidade que mais salva vidas na região. Já são 69.912 pacientes recuperados da covid-19, o que representa 40% do total de pacientes que superaram a doença na região. O trabalho de recuperação dos pacientes também é comprovado pela baixa taxa de letalidade da cidade (3,49%), uma das menores do ABC, segundo dados da plataforma do Info Tracker. 

MENOR VUNERABILIDADE - Em julho do ano passado, o Instituto Votorantin considerou a cidade a menos vulnerável ao Coronavírus após reunir dados do IBGE, SUS, CNES e da ANSS, baseados na economia local, estrutura e organização do sistema de saúde, população vulnerável e capacidade fiscal da administração municipal.

INFLUENZA – No Dia Mundial da Imunização, comemorado hoje, São Bernardo inicia nova etapa da campanha de vacinação contra a Influenza. Já podem tomar a vacina contra a gripe as pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e urbano, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas e funcionários do sistema de privação de liberdade. Para receber a imunização não é preciso agendamento. Basta procurar uma das 34 Unidades Básicas da cidade, dentro do horário de atendimento. Para aqueles que ainda não completaram o ciclo vacinal da Covid-19, é necessário esperar o intervalo de 15 dias para receber a vacina contra a gripe.

DEMAIS DOSES - O secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho reforçou a importância de manter a carteira de vacinação atualizada. “Esta é uma data para lembrarmos que as vacinas estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde, são gratuitas pelo SUS e devem ser tomadas num ato de amor, de autoproteção e de proteção ao próximo. Só assim ficaremos livres desta pandemia e erradicaremos doenças que já estavam extintas e voltaram a aparecer porque as pessoas deixaram de se vacinar”.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.