Terça, 22 de Junho de 2021 08:56
11 11 99843-7541
13°

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,02

Euro

R$ 5,99

Peso Arg.

R$ 0,05

Geral Aniversariante

Hospital de Urgência de São Bernardo comemora 1º ano de funcionamento com média de 10 vidas salvas por dia

Desde a inauguração, equipamento foi destinado exclusivamente para o tratamento de paciente com Covid-19; prefeito Orlando Morando esteve no local cumprimentando os funcionários pelo resultado alcançado

17/05/2021 08h46
40
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

Considerado o maior equipamento de referência no tratamento da Covid-19 construído no país, o Hospital de Urgência (HU) de São Bernardo completou, nesta sexta-feira (14/05), seu 1° ano em funcionamento, com uma média de 10 vidas salvas por dia, reforçando a marca do município com a menor letalidade por coronavírus, entre as cidades do Grande ABC, de acordo com a plataforma Info Tracker.

O prefeito Orlando Morando esteve hoje no HU cumprimentando os 1.500 funcionários, entre médicos, enfermeiros, profissionais de limpeza e segurança, pela marca alcançada. Na sua avaliação, foi uma decisão acertada ter destinado o equipamento para o tratamento do coronavírus. “Quando inauguramos o equipamento, dobramos a capacidade de atendimento hospitalar para pacientes de Covid-19 no município e ninguém ficou sem leito, até o momento, inclusive pacientes de outras cidades”, relatou.

INVESTIMENTO - Com investimento de aproximadamente R$ 200 milhões, entre a obra, mobiliário e equipamentos, inicialmente, o HU seria destinado a substituir o Hospital Pronto-Socorro Central no serviço de urgência e emergência do município e teria apenas 20 leitos de UTI. O esforço contínuo da Prefeitura de São Bernardo para garantir assistência à população durante a pandemia causada pela Covid-19 permitiu a ampliação da unidade, que hoje conta com 89 leitos de UTI e outros 170 de enfermaria.

“Tivemos a parceira do Estado e da União, com envio de recursos que foram fundamentais para que pudéssemos atender todos estes pacientes. Neste primeiro ano, o custo para os cofres municipais foi de R$ 113 milhões para manter toda a estrutura funcionando”, reforçou o chefe do Executivo.

SUPERAÇÃO - Dentre as muitas vidas salvas, a história de Dona Adelaide Nascimento de Souza, de 62 anos, é especial. A paciente foi uma das que permaneceu por mais tempo sob os cuidados da equipe do HU: foram 84 dias de internação. A filha, Jussara de Souza, relata a emoção no momento da alta.

“Ela foi uma guerreira, passou 21 dias intubada, teve muitas complicações, voltou para a UTI por duas vezes, depois de ter ido para a enfermaria. Se não fosse a dedicação e o cuidado de todos os profissionais de Saúde, poderia não tê-la aqui comigo hoje, então nossa família só tem a agradecer, por eles, e pela saúde da minha mãe”, descreveu Jussara.

O hospital atendeu ainda Valentina Silva da Cruz, de apenas um ano de idade, que precisou de internação, devido à baixa saturação. A mãe Marta agradeceu muito pelo tratamento da filha. “ A estrutura do hospital é maravilhosa, quando me informaram que ela teria que ficar internada não me preocupei, porque vi o cuidado com que ela já estava sendo atendida por toda equipe”, contou Marta.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.