Terça, 18 de Maio de 2021 10:03
11 11 99843-7541
16°

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,26

Euro

R$ 6,42

Peso Arg.

R$ 0,06

Geral Meio ambiente

Guarda Ambiental de São Bernardo interrompe desmatamento em área de preservação permanente

Infrator foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (21/04), na região do Taquacetuba e multado em R$ 17 mil

27/04/2021 08h13
13
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

A Guarda Ambiental de São Bernardo interrompeu nesta quarta-feira (21/04) ação de desmatamento clandestino flagrado em área considerada de preservação permanente, na região do Pós-Balsa. Um indivíduo, responsável por devastar 450 m² de vegetação nativa, foi preso e multado em R$ 17 mil, conforme estabelece a legislação municipal.

A atividade irregular e criminosa foi constatada durante patrulhamento preventivo realizado pela Guarda Ambiental, à beira da Estrada Taquacetuba. Na oportunidade, o infrator foi flagrado em ação de desmatamento, utilizando cavadeira e enxada.

A ação destruiu parte da vegetação nativa, o que resultou na aplicação de multa no valor de R$ 14.750 pelo desmatamento irregular. Após a intervenção da guarda, a área devastada foi interditada para regularização e recuperação dos danos causados ao meio ambiente.

Um barracão de aproximadamente 36m², contendo mais ferramentas e um fogão à lenha, foi localizado ao lado da área desmatada e interditado. A construção irregular também resultou na aplicação de multa, no valor de R$ 2.720, ao infrator.

“Ações criminosas como esta causam um impacto enorme para o bioma da Mata Atlântica, já que aqui existem espécies protegidas por lei. Por este motivo, reforçamos as ações da Guarda Ambiental com objetivo de atuar diariamente na preservação da região do Pós-Balsa. Nosso posicionamento é claro. É tolerância zero para evitar o avanço das construções irregulares, desmatamento e caça ilegal”, destacou o prefeito Orlando Morando.

O caso foi registrado no 3º Distrito Policial de São Bernardo, onde o infrator ficou à disposição da Justiça.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.